Foo Fighters Back and Forth: um filme sobre a carreira de Dave Grohl

21 dez

Dirigido por James Moll, ganhador do Oscar de melhor documentário em 1998 por “The Last Days”, e com produção de Nigel Sinclair, “Foo Fighters: Back and Forth” monta um retrato da carreira do vocalista e guitarrista Dave Grohl, desde sua época no NIRVANA, quando era baterista, até os tempos atuais. O documentário acompanha o início do movimento grunge enquanto a antiga banda de Grohl, liderada por Kurt Cobain, começava a estourar no cenário do rock. Até Courtney Love aparece brevemente em uma imagem de arquivo de televisão.

O filme mostra como tudo ia bem até a morte de Cobain, que fez todos repensarem suas carreiras e cogitarem a possibilidade de abandonar aquele universo de muita loucura e boa música. Felizmente, Grohl e Cia souberam lidar com a tragédia que chocou o mundo inteiro e encontraram uma maneira de seguir em frente.

“Foo Fighters: Back and Forth” também apresenta um lado desconhecido de Grohl. Apesar do jeito brincalhão e escrachado, ele é um cara sério e extremamente perfeccionista quando se trata de sua banda. O vocalista chegou a regravar as partes da bateria na época do lançamento do álbum “The Colour and the Shape”, por não ter ficado satisfeito com o trabalho do até então baterista do FOO FIGHTERS, William Goldsmith. É claro que a situação dentro da banda ficou esquisita e o músico acabou deixando o grupo. Foi quando Taylor Hawkins, na época baterista de Alanis Morissette, esta em início de carreira e bombando nos quatro cantos do mundo, arriscou tudo e topou entrar para banda sem nem ao menos saber se realmente valeria à pena. Hawkins não só deu completamente certo na banda como se tornou grande amigo e companheiro de Grohl.

Com um ritmo acelerado e muito bem editado, o documentário segue acompanhando toda carreira do FOO FIGHTERS, do primeiro ao último álbum. Os fãs podem acompanhar, com riqueza de detalhes, todas as mudanças na formação da banda e conhecer histórias de bastidores. Tudo isto associado a muitas fotos e músicas de todas as fases do grupo. Um ponto interessante do documentário é quando o filme aborda o período em que Grohl se mostra desgostoso com as atividades do FOO FIGHTERS e decide gravar um álbum com o QUEENS OF THE STONE AGE. O vocalista, inclusive, resolve sair em turnê com a banda. Neste momento é feito um recorte delicado sobre como o episódio afetou o FOO FIGHTERS e estremeceu a relação de Grohl com o restante do grupo, principalmente com Hawkins.

“Foo Fighters: Back and Forth” conta ainda com duas participações mega especiais: a do produtor Butch Vig, responsável pelo já clássico álbum “Nevermind”, e Krist Novoselic, ex-baixista do NIRVANA, que toca baixo na faixa “I Should Have Known”, do novo álbum do FOO FIGHTERS, “Wasting Light”. Em uma das imagens, Vig conta o quanto era especial estar ali reunido na mesma sala junto com Grohl e Novoselic depois de tantos anos. O novo disco marca não só a retomada da parceria com Butch Vig, que produziu o álbum, como o retorno do guitarrista Pat Smear ao FOO FIGHTERS. O documentário também revela o diferente processo de desenvolvimento do disco, que foi gravado no formato analógico na garagem de Grohl.

Assista a primeira parte do documentario:

Obs: Resto do documentário no SomVinil

Deixe um comentário sobre o conteúdo acima.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: